quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Afinal, o MDI (Mapa do Dividendo Inteligente) Funciona?

 

Bom Dia, Boa Tarde, Boa Noite! Como vocês estão?

Durante o mês de Agosto, eu fiz alguns movimentos para elevar um pouco o número de ações da carteira, aproveitando o pagamento de dividendos que as empresas anunciaram comprando antes da Data EX.

A primeira que já queria comprar, mas ainda não tinha em carteira foi BBSE3, o braço de seguros do Banco do Brasil.

Mas como meus aportes não são grandes, fiz uma brincadeira assim:

-> Baseado nos dividendos pagos, em Reais (R$) eu decidiria quanto comprar, para que o número de ações fosse suficiente para comprar uma cota do MXRF11 apenas com os dividendos que pagariam no mês.

Se tivesse usado a estratégia no início, o pagamento teria sido de incríveis 3%, mas fiquei enrolando, e quando comprei, já eram 2.5%.

Para evitar cometer o mesmo erro novamente, quando a Taesa (TAEE4) fiz a mesma coisa assim que anunciaram os dividendos. Comprei o número de ações necessárias para que o Dividendo compre uma MXRF11.

Fiz mais como uma brincadeira, mas poxa, na teoria, funciona.

Com isso, lembrei que já tinha ouvido falar algo parecido, e sim, foi o pessoal do AGF(Ações Garantem o Futuro) que ensinam isso, para potencializar um pouco o número de ações da carteira.

Eles não gostam de FIIs, mas estamos aqui para aprender, e não para imitar ninguém.

Estratégia usada pelos discípulos do Barsi.

 

Pretendo fazer isso novamente, quando empresas que eu goste estiverem anunciando dividendos.

E você? Qual sua Opinião sobre essa “estratégia”?

Deixe sua opinião nos comentários.

2 comentários: